quinta-feira , 12 de julho de 2018
Home / Artigos / Resenhas / Os Sete – André Vianco
Kindle paperwhite: Prático como você

Os Sete – André Vianco

Os Sete Book Cover Os Sete
André Vianco
Editora Aleph
Terror
1999
978-8576573388

 

A sinopse

Mergulhadores encontram uma caravela naufragada no litoral do Rio Grande do Sul e dela retiram vários objetos, inclusive uma grande caixa de prata. Quando a caixa é aberta, sete vampiros do Rio Douro, Portugal, acordam e passam a espalhar terror no Brasil.

O autor

André Vianco é um romancista best-seller, roteirista, e diretor de cinema e de televisão brasileiro. Especializado em literatura de terror, sobrenatural, de baixa fantasia e vampiresca, alcançou a fama em 1999 com o romance Os Sete. De acordo com dados de 2016, seus livros já venderam mais de um milhão de exemplares.

A resenha

Eu tenho uma dúvida sobre o personagem de terror que mais gosto, se é o vampiro ou o lobisomem. Penso que tornar-se o primeiro seria uma dádiva, enquanto o segundo uma maldição. De qualquer forma, assisti a inúmeros filmes ao longo da vida e sempre gostei de ambos. O que sempre me perguntei era porque esses personagens tinham como plano de fundo, em suas histórias, cidades europeias, pelo menos em sua maioria. Sonhava em um dia ver uma história que tivesse alguma cidade brasileira como cenário. Hoje isso até é comum na literatura nacional, mas não era no início dos anos 2000, quando entrei em uma livraria e me deparei com o livro Os Sete, do André Vianco. Foi paixão à primeira leitura.

A cada novo capítulo fui me encantando por um dos sete vampiros e mesmo passados quase vinte anos, ainda os tenho nominalmente em minha memória: Gentil (Miguel), Inverno (Guilherme), Lobo (Afonso), Tempestade (Baptista), Espelho (Fernando), Acordador (Manuel) e Sétimo. Sem falar nos amigos que encontraram a arca e são tão cativantes quanto os temidos vampiros: O protagonista Tiago e sua amada Eliana, e os amigos César e Olavo.

Nesse livro em especial, ainda que venhamos a nos apaixonar pelos vampiros, torcemos claramente pelos humanos que lutam por sua sobrevivência. O mesmo não acontece nas sequencias, sim, porque essa saga se perpetua no livro Sétimo e na trilogia Turno da Noite (prometo resenha-los no futuro, já que li todos eles).

A história se passa em 1999, e transita entre o Rio Grande do Sul e São Paulo. Além do terror natural da trama, existem cenas hilárias como o despertar dos vampiros séculos depois de terem sido aprisionados nas caixas de prata. Imaginem a situação de você acordar em um mundo completamente diferente do que estava acostumado a viver? São cenas impagáveis e muito bem descritas por André Vianco.

Cada um dos vampiros tem um poder especial, o que no início me incomodou um pouco na leitura, mas os poderes são muito bem explicados e totalmente justificáveis posteriormente. Ao longo da trama vamos descobrindo o que cada um deles é capaz de fazer, o que torna a luta dos humanos pela sobrevivência algo bem complicado. Vale ressaltar que somente seis deles despertam, o mais perigoso, temido até pelos próprios irmãos, é o último a despertar: Sétimo.

Esse romance é especial para o autor, já que foi publicado de maneira independente. André Vianco usou o dinheiro recebido de seu FGTS após uma demissão e investiu tudo na publicação da obra. Foram impressas mil unidades e o escritor visitou diversas livrarias para vender pessoalmente as obras. Com uma venda expressiva de forma independente, a editora Novo Século o publicou no ano seguinte. Hoje os direitos sobre o livro pertencem a Editora Aleph que republicou esse e outros livros de Vianco em 2016. Até hoje, Os Sete já vendeu mais de 100 mil exemplares.

Artigos relacionados

Compartilhe:

Sobre Rodrigo Barros

Rodrigo Barros
Empreendedor e escritor, Rodrigo Barros é bacharel em Biblioteconomia e em Sistemas de Informação, com pós-graduação em Gerência de Projetos e MBA em Gestão de Marketing.

Veja também

A história não contada dos Estados Unidos – Oliver Stone e Peter Kuznick

Título: A história não contada dos Estados Unidos Autor: Oliver Stone e Peter Kuznick Páginas: …

6 comentários

  1. Eliza Regina Ambrosio

    Olá Rodrigo, mais uma resenha sua que leio e que adoro, parece que li o livro. Tenho medo dessas leituras, fico assombrada e perco o sono, mas estou pensando se leio.

  2. Gostaria de saber como identificar pela aparência física cada um dos personagens vampiros de “Os Sete”.
    Já li “Sétimo” e “Estrela da Manhã”, achei ótimo!

    • Rodrigo Barros

      Paula, eu ainda não li “Estrela da Manhã”, mas li toda essa saga e o “Senhor da Chuva”. Sobre os vampiros, imagino que esteja falando da caracterização deles na capa do livro. O demoníaco é o Sétimo, o negro é o Espelho, Acredito que o loiro de longas madeiras é o Inverno e o primeiro, de cabelo curto, é o Gentil. Os outros, eu não consegui identificar. Tem alguma sugestão?

      • Dei uma pesquisada na net e o pouco que achei foi isso:
        Dom Fernando, o vampiro negro é Espelho.
        Dom Alfonso, vampiro gentil, cabelo na altura do ombro, irmão de Sétimo.
        Don Alfonso, lobo, cabelos longos e loiros.
        Inverno?
        Acordador?
        Tempestade?
        Existem dois barbudos morenos na capa aí fica difícil…
        Tenho curiosidade de saber, embora em algumas resenhas existam pessoas
        que acham bacana tentar descobrir quem é quem.

        • Rodrigo Barros

          Vou perguntar ao André Vianco, ele costuma responder nas redes sociais. Estive no Noites do Terror, com atores vestidos como eles, ao lado do Vianco, o Guilherme (Inverno) era realmente o loiro, cabelo quase branco. Acho que o cabeludo ao fundo é que é o lobo. E o Acordador e o Tempestade são os dois de barba, que são praticamente idênticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Web Analytics